colesterol como baixar sem remédios

Colesterol como baixar com remédio caseiro?

O colesterol alto é ruim para a saúde porque pode entupir artérias e até provocar um ataque cardíaco ou um AVC.

No entanto, o colesterol também é importante para manter o bom funcionamento do organismo, só que tem que estar dentro dos valores corretos. Então se o seu colesterol está alto, para controlar e baixar, algumas formas naturais super eficientes são:

Tomar 1 copo de suco de laranja com berinjela 3 vezes por semana;

Receita de suco de berinjela com laranja

Aprenda como fazer a seguir:

Ingredientes:

  • 100 g de berinjela com casca;
  • 230 ml de suco de laranja natural.

Modo de preparo:

  1. Para obter a água da berinjela de modo que suas fibras possam ser bem aproveitadas é necessário fatiar o fruto em rodelas e deixá-lo de molho em um recipiente, com a medida de água equivalente a um copo, durante uma noite inteira.
  2. No outro dia de manhã, bata a berinjela e sua água com os 230 ml de suco de laranja natural no liquidificador;
  3. Encha em um copo grande, sirva-se e aproveite!

A receita rende somente uma porção e possui 85 calorias. O total de fibras presentes nesse suco é de 2,5g. Ele ainda contém 0,2g de gorduras, 249mg de sódio, 21,7g de carboidratos e 1,3g de proteínas.

Um copo de suco de acerola com 1 colher de chá de sementes de linhaça e açaí 2 vezes por semana. E comer uma castanha-do-Pará todos os dias.

Todos os dias mesmo, a semana incluí sábado e domingo. Porque o seu colesterol não fica de folga nunca.

Veja aqui mais alguns chás que ajudam a diminuir o colesterol:

1. Chá de alcachofra

A alcachofra tem propriedades depurativas do sangue e contém ácidos na sua composição que reduzem o excesso de colesterol, além de diminuir a pressão arterial e prevenir a arteriosclerose.

Como tomar: adicionar 2 colheres de sopa de folhas secas de alcachofra em 1 litro de água fervente, deixar amornar, coar e beber 2 a 3 xícaras do chá por dia, antes das refeições durante 15 dias.

Contraindicações: obstrução do ducto biliar, gravidez e amamentação.

2. Chá de dente-de-leão

O dente-de-leão ajuda a baixar os níveis de colesterol no sangue, evitando o depósito de gorduras nos vasos sanguíneos.

Como tomar: adicionar 30 g de folhas secas de dente-de-leão em 500 ml de água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Depois coar e beber 2 a 3 xícaras do chá por dia.

Contraindicações: hipertensão descontrolada, esofagite ou hérnia de hiato.

3. Chá de cúrcuma

A cúrcuma ajuda a baixar os níveis de colesterol no sangue devido à sua ação antioxidante.

Como tomar: adicionar 3 colheres de café de cúrcuma em pó em 500 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras do chá por dia entre as refeições.

Contraindicações: obstrução das vias biliares devido à pedra na vesícula e em pacientes que estejam tomando remédios anticoagulantes. Na gravidez ou lactação só deve ser utilizada sob orientação médica.

4. Chá Mate

A erva-mate além de ter ação antioxidante, diminui a absorção de gordura dos alimentos e impede a absorção do colesterol no intestino, ajuda a baixar o colesterol ruim.

Como tomar: colocar 3 colheres de chá de erva-mate em 500 ml de água fervente, deixar amornar, coar e beber até 1 litro do chá por dia.

Contraindicações: ansiedade, nervosismo, insônia e hipertensão descontrolada.

5. Chá verde

O chá verde possui propriedades antioxidantes e outros compostos que ajudam a diminuir os níveis de colesterol ruim no sangue.

Como tomar: adicionar 3 colheres de chá de chá verde em 500 ml de água fervente,deixar amornar, coar e beber até 4 xícaras do chá por dia fora das refeições.

Contraindicações: gravidez, lactação, insônia, gastrite e pressão alta.

Isso já vai baixar meu colesterol? Já resolve?

Em alguns casos, só isso já pode ser suficiente para diminuir o colesterol, mas, mesmo que você já tome remédio que o médico mandou, utilizar os remédios caseiros ajudam a diminuir a necessidade do remédio assim você não precisa de depender deles por muito tempo e até é possível conseguir que o seu médico diminua a dose do remédio e isso é super bom para a sua saúde.

Então, o seu colesterol tem que estar assim: O HDL, que é o colesterol bom, deve estar maior que 60. O LDL, que é o colesterol ruim, deve estar entre 100 e 130. E o colesterol total não pode passar de 200.

No entanto, se você acabou de receber o seu exame, e o colesterol deu muito alto, dá uma verificada se você se preparou para o exame direitinho, porque tem que ser assim:

Você não pode comer nem beber durante as 12 horas que antecedem o exame;

Também não pode treinar forte pelo menos 3 dias antes, porque a gordura que saiu do seu pneuzinho pode ainda estar na corrente sanguínea.

E também não fazer refeições muito gordurosas, tipo feijoada ou churrasco nesse período.

Não vale fazer dietas muito restritivas antes do exame!

Tem que tentar manter os hábitos normais porque dar baixo e não ser verdade também não é legal. Por isso, se você está em dúvida se fez o exame direitinho, pede pra repetir!

O que acontece é que o seu colesterol é formado no seu corpo mas também vem da alimentação.

E algumas vezes o fígado produz mais colesterol do que devia, mesmo que você não esteja a comer assim tanta gordura.

Então, isso pode ser: um problema hereditário, um problema nos rins, na tireoide, diabetes descompensada, excesso de peso e, na verdade, às vezes basta uma fase com mais stress na vida para o colesterol já subir.

Colesterol como baixar sem remédios
Colesterol alto propicia infartos e o AVC

Entendendo o colesterol – Atenção!

Então, para entender bem isso do colesterol, presta atenção: o HDL é o colesterol bom que ajuda a regular a produção de hormônios e transportar algumas vitaminas no sangue; o LDL é o que se chama de colesterol ruim porque ele facilmente “gruda” na veia, diminuindo o espaço em que o sangue deveria passar e aí pode aumentar a pressão e até bloquear a veia causando um infarto ou AVC, por exemplo.

E é principalmente por isso que ele tem que estar sob controle, baixar o colesterol é importante; e tem também VLDL que é uma versão ainda pior que é uma versão ainda pior do LDL, é um colesterol bem ruim que tem que estar bem baixinho no seu exame de sangue.

Mas… se no seu resultado o colesterol total vier acima dos 200, que não deveria, e o seu médico, ainda assim, não ficar preocupado é porque o colesterol que está alto é o bom, enquanto os outros estão nos valores normais, aí não tem risco para a saúde.

Triglicerídeos

Além disso tem também os triglicerídeos, que é um outro tipo de gordura que também está no seu sangue. Os triglicerídeos aumentam quando você come muito açúcar e você não precisa de tanta energia e aí quando sobra açúcar no seu sangue, vira triglicerídeo.

Ele também tem que estar a baixo dos 150 e sob controle, porque se não aumenta o risco de problemas como pressão alta e ataque cardíaco, igualzinho ao colesterol.

Nesse caso é importante diminuir os carboidratos da sua alimentação, isso quer dizer comer menos doces, pães e massas e fazer alguma ginástica para consumir essa energia toda que está no sangue e não deixar ela fazer estragos.

A parte boa é que triglicerídeos é que eles voltam ao normal super rapidinho, dentro de uns 30 dias. Então, no aproximo exame de sangue, se você se alimentou melhor e fez alguma caminhada ou ginástica já não deverá mais ser problema pra você.

Já o colesterol demora mais um pouquinho e pode precisar de até uns 3 meses para voltar ao normal, fazendo a dieta sem gordura e às vezes até tomando remédio bem direitinho.

Agora, o segredo para você diminuir o colesterol do seu sangue e manter ele sob controle é mudar para melhor os seus hábitos alimentares.

Diminuir o colesterol como?

A dieta é bem simples, mas tem que fazer sempre, não é só de vez em quando.

Então você vai ter que diminuir o consumo de alimentos gordurosos, o que quer dizer: comer menos frituras, menos molhos, alimentos como linguiça, pizza, queijos amarelos, manteiga e alimentos industrializados como refeições congeladas, por exemplo.

Porque o problema muitas vezes não está no que você come, mas sim no que você não come.

Então você vai comer mais alimentos integrais, frutas com casca como maçã, pera, uva, pêssego, de preferência orgânicos, que nem os que crescem no seu quintal.

Legumes crus como cenoura, rabanete, beterraba ralada, pepino e tomate são ótimos para ajudar a baixar o colesterol. Comer peixes magros pelo menos 2 vezes por semana e uma saladinha com abacate, experimenta.

Além disso, fazer ginástica, correr, dançar, andar de bicicleta, levar o cachorro para passear, enfim, atividades físicas ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, que quanto mais alto melhor.

Comer bem e tomar o remédio sempre que o médico mandar é um dos segredos de uma boa qualidade de vida, sem surpresas desagradáveis como:

Aterosclerose, Infarto, Insuficiência cardíaca ou problemas com pressão alta que estragam qualquer sonho de aposentadoria feliz, por isso é tão importante baixar o colesterol e mante-lo controlado.

Compartilhe para ajudar outras pessoas!

Colesterol Wikipédia

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!